The Austerity Program – Madonna negra [2007]

The Austerity Program is two people from New York City and their drum machine. Thad Calabrese plays bass and Justin Foley sings and plays guitar. Neither have taken any instructional courses on playing their instruments. Not even a “how-to” video.

Foi precisa 1 década para que estes marmanjos editassem o 1 álbum, Black Madonna. Tal como aconteceu com o EP de há uns anos, sai com o selo Hydrahead. Estas coisas levam o seu tempo e eles até construiram o seu próprio estúdio, além de terem de conjugar o tempo dedicado à música com uma carreira profissional e com a vida familiar.
Pelo menos não devem ter despendido muito a titular os temas [Song 12, Song 17b, Song 19…], já no processo criativo de composição acredito que tenham gasto mais um bocadinho. Apesar da variedade não abundar por aqui, a relação entre guitarra, baixo e drum machine é bastante animalesca. Por entre passagens mais arrastadas e repetitivas surgem algumas explosões de intensidade. Não é uma maravilha, mas é muito bom. Gosto da constância militarista e das fórmulas math-rock. Lembram-me uns Godflesh e Killing Joke com convulsões de Lightning Bolt. A Madonna tá melhor que nunca.

http://www.myspace.com/theausterityprogram
http://austerityprogram.com/biography/index.htm

Comentários

Comentar
  1. naSum

    lol conheço os the destiny program… lembra-te alguma coisa crest ? lol

  2. ::Andre::

    ainda só ouvi os dois primeiros temas mas um dos nomes que me veio à cabeça foi shellac. em breve dedico-lhes mais tempo…

    gostei do estudio :P

  3. Crestfall

    destiny’s child? :-p

    Shellac tb pode vir à cabeça, pode.

  4. ::Andre::

    a hydra não tem editado nada de muito excitante ultimamente, pois não? tirando os habituais pelican, jesu e tal, não tem editado bandas novas que fiquem na memória por muito tempo…

  5. Pedro

    De certa forma concordo com o André apesar de parecer que a editora está um pouco para o defunto……. este ano lançaram o disco novo de Xasthur; O de Big Business que é sempre agradável; Oxbow, que continuam tão peculiares como sempre; O disco de Bergraven que apesar de não ser um clássico pelo menos torna-se refrescante dentro do género Black Metal; Os Clouds que já ouvi algumas coisas interessantes, irei ouvir o Legendary Demo; Lustmord também lançou pela Hydra; Penso que os Zozobra e o disco Harmonic Tremors também devem ser mencionados…

  6. Crestfall

    :-s Até parece que a Hydra é editora de 5 discos por mês…

  7. ::Andre::

    eu só dei a minha opinião. a hydra é das minhas favoritas mas este ano, tirando os álbuns de pelican e jesu, não comprei mais nenhum álbum. nenhuma banda me excitou o suficiente…

    ainda não ouvi bergraven, zozobra curti mas enjoei de tanto ouvir :/

  8. Crestfall

    Então e faz lá as contas a quantos compraste de anos anteriores :-P Eu comprei o de Zozobra.
    Quando é que os Keelhaul editam novo álbum?

  9. ::Andre::

    vários vários, como disse a hydra é das minhas favoritas…
    keelhaul não sei mas tusk tá quase aí.