The Esoteric – Subverter

Estava eu para aqui a ouvir isto pela xª vez e a pensar que se os Coalesce, os Killing Joke, a Devin Townsend Band, os Black Flag e com jeitinho os Mastodon [faixa 10 – clone culture and the cutup method] combinassem uma escapadela para ir às francesinhas ali ao Bufete Fase, provavelmente não haveria espaço para toda a gente. No entanto, se num processo criativo se juntassem em estúdio para uma sessão de gravações, talvez o resultado final soasse parecido com este 2º álbum dos Americanos the Esoteric. Álbum este que está muito bem conseguido mas, ao contrário do que tinha acontecido com o 1º, não me cativou de imediato. Para azar dos meus colegas, após algumas audições tornou-se viciante.
Baralharam um Hardcore/Space/Metal ligeiramente diferente, menos abrasivo e com menos mudanças rítmicas mas ao mesmo tempo com uma maior robustez. As vocalizações também me parecem mais expressivas e mais frequentemente “limpas” e completamente perceptíveis. É difícil destacar qualquer música porque o disco é muito compacto [aplicação correcta da designação compact disc :-s] e flui extraordinariamente bem.
Como alguém fez o favor de disponibilizar e como a banda agradece – “the new record is in stores…steal it from the internet if you have to, but we’d really like you to pick up a copy…records are art too…” – AQUI fica a bolacha.

Comentários

Comentar
  1. Crestfall

    Não conheces? É ali em Santa Catarina como quem sobe para o Marquês. Faz as melhores francesinhas só que é minusculo, tem 3 mesas :-D

    4/10 ahahah a minha resposta é o 3/10 para Isis & Aereogramme na Terrorizer ;-)