Tom Carter – Glyph (2006 – Digitalis)

Tom Carter (um dos mentores dos Charalambides) tem um estilo de tocar muito passional, fazendo estremecer as cordas com força, servindo-se da vibração no limite do possível. Desenrola um Blues baseado na experimentação, no escorrer dos dedos pelos dedilhados, no encontro com a eterna descoberta do braço da guitarra (neste caso uma lap steel guitar no segundo tema). Carter tem uma abordagem a tocar por vezes a lembrar Ben Chasny dos Six Organs of Admittance (juntos têm o excelente projecto Badgerlore). Nem sempre se encontra a harmonia de um Fahey, aqui pautam-se antes terrenos próximos do psicadelismo e dos drones. As notas atropelam-se em movimentos mais rápidos, dando corpo a um som preenchido e possuído. Não falta aqui o obscurantismo Charalambides, embrenhando-se numa folk negra e artesanal que ressoa como drones campestres – slide guitar, muito reverb, exploração do instrumento “diabolizando” e encontrando pontos fora da melodia primaveril.

Comentários

Comentar
  1. João

    desisti dos charlambides,tom & christina carter a um bom tempo smp a mm coisa n ha coltrolo de qualidade aos gajos…entao vem mta merda.nao ouvi este no entanto axas k vale mesmo a pena?

  2. ::Andre::

    conheço Badgerlore e gostei da descrição, vou espreitar isto…

  3. Crestfall

    Tb gostei da descrição, mas não vou espreitar, pelo menos para já :-p

  4. Pedro

    João,

    É verdade que o Tom e a Christina Carter têm uma discografia vasta (ainda tenho aqui muita coisa para ouvir…). Mas se já estás um bocado cansado do som deles então este disco não vai ser nenhuma revelação….

    André,

    Badgerlore tem um som porreiro.

  5. Pedro

    Ah ok. A pergunta é completamente inocente, como te disse ainda estou a descobrir a vasta discografia dessa malta… Mas por exemplo, como o Glyph é muito diferente do Monument e provavelmente ainda encontrarei outros sons talvez não faça sentido referir Badgelore como algo muito diferente…. Pelo que ouvi até agora faz sentido estabelecer uma ligação…

  6. João

    klaro klaro.. o meu badgelore e difrente refria-se ao do comment do andré kria dizer “badgelore ja gosto mais” :P a christina carter tem um disco a solo k kurti bue electric algo… ja n sei o nome e tou demasiado ressacado pa ir ver. kuanto ao tom carter gosto mais das collabs dele charlambides sempre foi nakela… e mt folkish feliz para mim as vezes.

  7. ::Andre::

    onde é que eu disse “badgelore ja gosto mais” rapaz? eu disse que conhecia e gostava de badgerlore e como o que li me interessou, era menino para checkar o gajo.

  8. João

    eu disse k badgelore gosto mais :| este post ta com interfrencia

  9. Pedro

    joão esses dois da christina carter vou ouvir primeiro que os outros que tenho aqui….