Trent Reznor renovado

Aproxima-se o lançamento do EP homónimo do novo projecto de Trent Reznor, How to Destroy Angels, que conta com a parceria da sua mulher muito sensual, desculpem o desabafo, Mariqueen Maanding. Tenho a dizer que o teledisco da música The Space in Between, realizado por Rupert Sanders, desperta o interesse de qualquer cinéfilo porque tem, manifestamente, uma linguagem cinematográfica e é tão apelativo…

howtodestroyangels.com

Comentários

Comentar
  1. Hélder Costa

    A capa do ep foi feita pelo Mark Weaver, o video está bem conseguido, mas a música soa muito ao que o Trent fez com os nin, não é má, mas não surpreende

  2. Mafarrico

    Sensual fds, parece um pau de virar tripas. Mas que o sensuou com alguma coisa lá foi para o pôr a fazer música para ela. Cheira-me a gold-digger mas tudo bem.
    Soa contudo a algo que os Sneaker Pimps poderiam ter feito quando tinham a míuda a cantar.
    A música está boa e do vídeo também gosto.

  3. Rodolfo

    nhé… não sei, estou a pagar para ver como se diz.

    o video é giro mas, apesar de muito bem filmado, é um pouco cliché.

    musicalmente, como dito acima, parece um bocado mais do mesmo.

    por último, confesso que embirro com o nome deste projecto. sou um grande fã de COIL (e até tenho o vinil do How to Destroy Angels e tudo) e tudo isto me parece uma abordagem mercenária (de um ponto de vista afectivo) ao que este nome evoca nos fãs de COIL.

    posso estar errado e isto vir a ser uma grande coisa mas para já, não parece.

    tendo visto os outros pequenos vídeos que têm sido disponibilizados parece-me um bocado show off de belo equipamento analógico e pouco mais; lá está, com menos equipamento os COIL fizeram muito melhor e, lá para o fim, quando tinham equipamento muito bom fizeram coisas espantosas (vide Sex With Sun-Ra do Black Antlers por exemplo)

  4. apf

    pah a nível técnico está muito bom. aquela mancha negra com o reflexo do fogo, muito bom.