Comentários

Comentar
  1. naSum

    Porra. ainda ao bocado fiz essa mesma pergunta a 1 amigo meu que estava a ouvir. ele disse que sim mas os gostos dele são um bocado esquecitos. hei-de dar uma chance quando me apetecer

  2. ::Andre::

    Sou gajo para de vez em quando pôr o Ride the Lightning a tocar ou o Master of Puppets, claro que sou. Mas, depois do Black não me dizem nada e provavelmente assim vai continuar.

  3. tremulant

    eu ouvi 2 musicas…e a resposta à pergunto do tópico é:

    Aicho que não!

  4. jorge silva

    Ouvi um bocadinho e sinceramente sou sempre um bocadinho cínico em relação a grupos que ficam à sombra de um certo passado e sentem pressão de voltar para ele (olá Slayer!). Os Metallica tentaram “emendar-se” com o St. Anger e o tiro saiu ao lado. Desta vez parece que quiseram seguir as regrinhas todas (a velocidade, os solos, a voz a querer rasgar mais) e, se bem que muito mais interessante que o anterior, ainda não me “puxou” numa primeira audição. Musicalmente situá-lo-ia entre o Justice e o Black, o que para mim não é muito bom porque o último álbum bom que eles lançaram foi o Master.

  5. Hugo

    Sim, vale a pena. Acho apenas que a opinião das pessoas está de tal forma formada que já não conseguem aceitar o que quer que seja deles. Até gostava de fazer com que este álbum fosse lançado após o AJFA só para ver a reacção das pessoas.

  6. Kordump

    esperem aí!.. costumam ser voces a dizer-nos estas coisas. tais com preguiça ou que?

  7. Sergio

    Ainda não ouvi o álbum, mas gostaria de dizer o seguinte. Acho que não devemos rotular as coisas de “tentativas de regresso ao passado”, e etiquetas do género. Devemos ouvir a música e avaliá-la pelo que ela é e pelo que nos transmite. Apesar de os moços ainda não terem feito nada tão bom como o Master os Puppets, não quer dizer que não tenham coisas de grande valor musical. Mesmo no Load e Reload encontrámos grandes músicas (apesar do choque que esses álbuns causaram a muita gente). Só não consigo achar piada ao St. Anger.

  8. Déjà Loin

    Para que é que vou ouvir metallica quando tenho aqui o novo de Jesus Cröst a bombar? :P

  9. Pedro Nunes

    Não tenho vontade de ouvir… Ah e grande foto!! Muito estilo.

  10. Crestfall

    Tou como o nunes, não tenho vontade de ouvir o disco mas gostei da foto! Eheheh

  11. Pedro Nunes

    riot grrrl: eu gostei do concerto de Wire por isso vou espreitar o vídeo.

  12. Veggy

    vale a pena ouvir! 10 músicas longas com 7, 8 e 9 minutos que fazem lembrar os tempos do "…and justice for all".
    entretanto, aqueles refrões como "master" "batery" "seek and destroy" não fazem parte deste novo álbum. o som bastante maduro reflecte o crescimento da banda!
    quem conhece o load e o reload reconhece as grandes malhas nas faixas mais longas (bleeding me, where the wild things are, the outlaw torn, etc) que se encontram continuadas neste death magnetic.
    acho que o facto de não trabalharem com bob rock tornou as músicas "menos clássicas" em termos de composição (e ainda bem, pois já estava farto de ouvir os solos do kirk sempre no mesmo sítio). só tenho duvidas com o lars a tocar ao vivo… ele está cada vez mais trapalhão e estas músicas novas admitem grandes pregos. espero que os james, kirk e robert lhe ofereçam um metrónomo.

    nuno [=equaleft= & MaNtRaProjekt]

  13. Crestfall

    OK, daqui a uns tempos quando tiver ouvido as dezenas de coisas que já arranjei desde a semana passada e as outras tantas que deixei por ouvir antes de ir de férias, trato disto.

  14. Bruno Coelho

    vou na 4ª faixa e estou a gostar…

    Nada a ver com o o último :)

  15. Disasterpieces

    vale a pena ouvir, a All Nightmare Long ainda é a que mais se aproxima da era Master of Puppets e a Suicide & Redemption é um instrumental ao estilo da Orion, o resto ouve-se muito bem excepto o single que é uma merda e a Unforgiven III apesar de estar boa não se enquadra muito com o album

  16. Bruno Coelho

    Tem o espírito dos velhos Metallica, mas não é uma copia do que fizeram em tempos.

    Bela pomada.