Visão DOOMundo: Mississippi

No planeta existem diversos cenários inspiradores que tendem a direccionar o ser humano para um caminho mais autêntico e criativo. No entanto, o funcionamento da humanidade deriva de uma metodologia que sucessivamente vai aniquilando tudo de bom que nos rodeia. O aquecimento global é real e o petróleo é dominador.

O rio Mississippi, assim como determinados outros locais no planeta, tem algo místico e secreto que impregna criatividade no seu envolvente. Vários pensamentos e sensações surgem quando penso nessa área do planeta. Nunca lá estive, nem será fácil lá ir parar, quem sabe até seja melhor assim…
A região do delta do rio Mississippi é o berço de uma das ondas musicais que mais estimo e que mais necessito – Delta Blues.
Ouvir Delta Blues é, para mim,  um alívio, um “Whatever” para tudo de bom ou de mais ou menos que me rodeia e um “Hell yeah” para tudo e todos que me fazem sentir valer a pena cá estar.

De toda a minha experiência Delta Blues, o músico que mais me atrofia positivamente é o R.L.Burnside (Robert Lee Burnside) , fica de seguida uma sugestão:

 R.L. Burnside – My Black Name A Ringin (1999)

Este é o meu álbum de eleição, não sou grande apreciador de Whisky, mas com este álbum é quase que inevitável. Todas as faixas deste álbum fazem-me sentir o quanto estamos rodeados de tanta superficialidade e como tudo poderia ser bem mais simples. É um blues simples, crú, com voz arrastada e introspectiva, som da guitarra e gaita clássicas do Mississippi. As letras baseiam-se fundamentalmente no valor das pessoas mais pobres. Neste álbum, bem como em grande parte da discografia do Sr. R.L. Burnside, é inevitável a influência do rei John Lee Hooker.

Outras sugestões de álbuns:

  • R.L. Burnside – Hill Country Blues (1986)
  • R.L. Burnside – Too Bad Jim (1994)
  • R.L. Burnside – Come On In (1998)

Outras sugestões de artistas Delta Blues:

  • John Lee Hooker
  • Mississippi Fred McDowell
  • Bukka White
  • Junior Kimbrough
  • Robert Belfour
  • T-Model Ford

Para finalizar e para vos convencer totalmente de que o Mississippi é verdadeiramente inspirador e… IMPECÁVEL!!!

NOTA:  Continuo a sonhar ter uma casa em cima de uma árvore.

Comentários

Comentar
  1. André

    Que belo início de semana… Também recorro com frequência aos mestres do Delta, na semana passada foi esta compilação:
    V/A- I’ll Meet You On That Other Shore: Field Recordings From Alan Lomax’s Southern Journey. 1959-1960, Vol. 3. (Mississippi Records, MSR-059)

  2. Filipe Santos

    André, vou ter de ouvir isso o mais rápido possível. Depois dou um feedback.

  3. Pedro Nunes

    André, também tenho que ouvir esse volume, sem dúvida que o Alan Lomax fez um ótimo trabalho de etnomusicologia.

    Como apreciador de um bom Delta Blues (ou as suas variações tanto americanas como africanas), atiro mais dois nomes geniais:

    Big Bill Broonzy
    Blind Willie Johnson